Yoga - Ayurveda ciência natural de bem viver - Caminhada com Yoga sensibilização ambiental

Yoga  - Ayurveda ciência natural de bem viver - Caminhada com Yoga sensibilização ambiental
São Paulo Brasil - Informações: clauruschel@hotmail.com - 11.97468.5393 - FB: Espaço Yoga Shiva

Espaço Yoga Shiva

Espaço Yoga Shiva
Bem vindos ao Espaço Yoga Shiva !!!
O Yoga existe dentro de cada um de nós. É o potencial interno para a evolução de nossa consciência. Durante milhares de anos, sábios do mundo inteiro têm desenvolvido e perfeiçoado a técnica e a filosofia do Yoga. Muitos destes mestres têm alcançado grande importância na transmissão dos ensinamentos e práticas Yogis. Eles possuem o mérito de ter mergulhado no mais profundo de si, alcançando altos níveis de auto-realização desvendando os profundos mistérios da existência. Movidos pelo amor e o sentimento de unidade com todos os seres, estes grandes mestres passam a transmitir, de forma sistematizada, as técnicas e práticas que poderão ajudar outros no seu próprio caminho de realização. Swami Satyananda Saraswati é um destes grandes mestres. Ele dedicou a vida para tornar o Yoga acessível às pessoas de todo o mundo.
Extraído do site oficial do Satyananda Yoga Academy - Austrália: www.satyananda.net


Swami Satsangi

domingo, 20 de julho de 2014

Qual é a importância de saber os nomes sânscritos das posturas?

Quando você pratica para si próprio, não é necessário lembrar os nomes sânscritos, embora seja importante ter uma boa compreensão deles. Por exemplo a postura da cobra. Em sânscrito, este é bhujangasana que nós traduzimos como 'cobra' ou serpente. Mas o nome em sânscrito é uma combinação dos mantras bhu , jan, gata e cada sílaba, cada palavra, afeta nossos chakras de uma forma particular. 
No passado, os nomes em sânscrito  desempenharam um papel muito importante no antigo sistema de Yoga. O yogis eram capazes de perceber o problema no paciente e relacioná-lo a um chakra em particular. Por exemplo, manipura chakra está relacionado com indigestão, isto é o que o senso comum nos diz atualmente. O yogi teria percebido que um chakra especial estava sendo afetado por um desequilíbrio, uma doença, um estado no corpo ou da mente. Então,  prescrevendo bhujangasana o yogi teria esclarecido instantaneamente para o paciente, e aos professores também, que esta postura trataria de despertar e reequilibrar os grandes e pequenos centros psíquicos. Por este motivo os nomes sânscritos desempenham um papel importante na terapia ancestral. 
Claro que, com o advento da ciência, temos sido capazes de refinar o sistema de observação e tratamento da doença, mas os nomes foram mantidos em sânscrito e tentamos mantê-los o máximo possível. Portanto é muito útil a compreensão dos nomes e de seu significado. Não estou falando de traduzir chakra como "a roda" ou Dhanur como "o arco", não, não falo da tradução literal, mas estou atentando na sua relação com os chakras. Este processo é muito simples. Tudo de que você precisa é um dicionário de chakras que relacionam quais mantras pertencem a quais chakras. Em qualquer livro sobre kundalini você pode encontrar os bija mantras ao redor das pétalas dos chakras. Por exemplo, você acabou de falar bhu 'Jan'  'ga' "; bhu 'é anahata, Jan é manipura,' ga 'é vishuddhi. Então você sabe que ,natural e espontaneamente, esta postura afeta esses chakras em particular . Então, usamos nomes em sânscrito, embora se pense que seja uma língua morta. Havia um estudante aqui, um indiano que mora na Europa. Ele tinha vindo para o ashram e nós lhe perguntamos: "O que você faz na Europa?" Ele disse: "Estou aprendendo Latim." Eu disse. "Oh sim, para quê?" Que outras línguas que você sabe? Sabe Francês, Inglês Alemão, Italiano, Espanhol,? "Ele disse, 'Não, não, não, não. Estou começando a aprender latim." Eu disse:''Sim, mas o latim é uma língua morta que ninguém fala  ". Ele disse:" Oh, eu estou aprendendo a ser um agente funerário. Estou aprendendo latim para me comunicar com os mortos! "-

Swami Niranjanananda (Mestre espiritual da Bihar School of Yoga e instituições afiliadas em Munger e Rikhia, Índia)

sábado, 12 de julho de 2014

CAMINHADA COM YOGA SÁBADO DIA 19 - EXPERIÊNCIA DE INTEGRAÇÃO E ALEGRIA NA NATUREZA!

TRILHA DO CABUÇÚ na Serra da Cantareira - Dia 19 DE JULHO SÁBADO
Contato: clauruschel@hotmail.com
A Caminhada com Yoga estimula mudanças de atitude. O vínculo criado desperta e intensifica a consciência e o cuidado ao ambiente interno e a vida a nossa volta. E a certeza de que somos parte de um único sistema vivo!


Grupos à partir de 3 pessoas tem 10% de desconto!
Vamos fazer trilhas lindas. Caminhar, fazer práticas de Yoga e de meditação em movimento , aula de yoga e meditação na natureza!
 
O Esquema:

7h30- Ponto de encontro Estação Vila Madalena do Metrô  (na saída do terminal de ônibus). Estaremos estacionados no final do terminal perto dos táxis, do outro lado da rua, diante de uma escola infantil.  (à confirmar)
17h30 – por volta deste horário, voltaremos a São Paulo.
Inclui- professora de Yoga, guia, valor da entrada nos parques ou trilhas e alimentação natural e orgânica , como um pique nique. Mais bem estar e alegria! Investimento:R$110,00
Transporte - “Carona Solidária”. Quem tem disposição de usar o carro nos informa e quem precisa de carona também. E iremos ajustando as caronas por região e depois todos nos encontraremos na estação Vila Madalena do metrô para sairmos juntos. Como acontece no esquema de carona solidária, quem recebe carona deixa um valor pelo transporte que pode variar dependendo do número de pessoas.
As vivências acontecem regularmente e variam de nível de dificuldade. Também fazemos viagens mais longas em finais de semana ou feriados. Esta atividade abrange todas as idades e para participar não é necessário ter experiência com Yoga, os exercícios são possíveis de serem feitos por todos.

A Proposta:
A Caminhada com Yoga é pioneira nesta vivência de sensibilização ambiental que une trekking e Yoga e a vivemos pessoalmente há mais de 25 anos.
O sentimento de união se dá através de caminhadas na natureza com práticas de respiração, posturas e meditação do Satyananda Yoga. É uma experiência que estimula o retorno da nossa relação afetiva com o que somos, parte da natureza.
Diante da crise global, a poluição e a pressão da vida moderna levam a uma série de doenças criadas pelo estresse ou depressão. As pessoas necessitam cada vez mais de um tempo de recolhimento e conexão com a força curativa da Terra.
E nossa experiência de mais de quinze anos com grupos tem comprovado que a união do Yoga, historicamente criado na natureza, e da caminhada na natureza nos reequilibra. Ouvir e sentir o vento, a vibração de uma árvore, a imensidão do mar, a força das cachoeiras nos religam ao nossa casa, o planeta Terra. E aprofunda o sentido de ecologia porque resgata a solidariedade, sentimento inerente ao ser humano natural. Tanto que usamos a carona solidária como forma de estimular a troca e a solidariedade.
E a respiração que fazemos na caminhada é utilizada há milênios pelos Sherpas, povo do Himalaia conhecido por sua destreza no monte Everest e proporciona aumento da capacidade respiratória, previne e cura o estresse, aperfeiçoa todos os sistemas, o nervoso, circulatório e cardiovascular. Aguçando a mente e o intelecto.  
A alimentação também é parte importante. Fazemos um saboroso lanche orgânico como num piquenique, sentindo o paladar de cada alimento e intensificando ainda mais a  convivência.
A Caminhada com Yoga estimula mudanças de atitude. O vínculo criado desperta e intensifica a consciência e o cuidado ao ambiente interno e a vida a nossa volta. E a certeza de que somos parte de um único sistema vivo.

Orientadores e idealizadores: 
Karunananda Saraswati (Claudia Ruschel Lima) é caminhante e professora de Satyananda Yoga e terapeuta em Ayurveda. Coordena o Espaço Yoga Shiva, ambiente de vivência e estudo de Ayurveda , Yoga e sustentabilidade em São paulo. Afiliada ao Satyananda Yoga Center Brasil, representante da Bihar School of Yoga, sistema Satyananda/Bihar Yoga em Munger, Índia, a primeira universidade de Yoga reconhecida por um governo no mundo.Se mantém atualizada na escola da Índia ou em países ligados à instituição. É idealizadora da Caminhada com Yoga, projeto de sensibilização ambiental da Caminhar vivências transformadoras.É também jornalista e documentarista. Há quase 27 anos faz caminhadas e travessias com grupos por todo Brasil e pelo exterior.Através de sua longa experiência com o Yoga e caminhadas comprova a noção ampliada de saúde e harmonia através da vivência junto à natureza.
Guto Arouca é fotógrafo, documentarista, montanhista experiente, praticante de Yoga e idealizador da Caminhar vivências transformadoras com sensibilização na natureza. Carrega na mochila 27 anos de experiência de caminhadas com diversos grupos dentro e fora do Brasil. É especialista em longas travessias, mountain bike, espeleologia e excelente navegador. Ministra cursos de fotografia na natureza e de orientação por GPS em trilhas. Sua experiência, consciência ambiental, seu cuidado e olhar atento e observador dão suporte para a realização dessa prática que une trilhas na natureza e Yoga.
Informações: clauruschel@hotmail.com ou 974.685393.  Nos encontre no facebook : Caminhada com Yoga sensibilização ambiental

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Guru Purnima , despertar a centelha de Sabedoria e Graça -



"Guru é como uma corrente elétrica que ilumina todas as lâmpadas se o fio é bom condutor. Você tem que tornar bom condutor pelo método duplo ou gêmeo, da fé e da entrega. É o discípulo que vai se abrir para se tornar uma lâmpada zero ou 1000 wattsa. Existem nós em uma flauta que devem ser removidos para que se possa ouvir seu suave som. Da mesma forma, há nós dentro de você que têm de ser removidos pela fé e entrega. Como você pode aumentar sua fé e entrega? Continue indo a Rikhia Peeth (Ashram de Rikhia na Índia) tanto quanto possível. Vivendo num ambiente despoluído e servindo desinteressadamente, você irá desenvolver estes requisitos gêmeos da espiritualidade.



Asana é para o corpo, Pranayama é para regular prana, e meditação é para a mente. Estes são os preliminares para a vida espiritual, que podem ajudar a gerenciar a si mesmo de uma maneira mais fácil. A vida de Ashram é uma necessidade para a evolução espiritual e Swami Satyananda ji estabeleceu Rikhia Peeth para este fim. Eu vi a evolução de Swami Satsangi enquanto ela estava vivendo com Swami Shri ji. Ela deixou seu Guru transformá-la. Ela agora tornou-se um transmissor forte para a energia do Guru '. Ela permitiu que seu guru removesse seus nós e tornou-se vazia. Quando ela se esvaziou , apenas então, Shri Swami ji deu-lhe o título de "RikhiaPeethadishwari." Embora ela seja disciplinada e firme ainda assim é ,de coração, muito amorosa e afetuosa. Os programas de Rikhia Peeth são a sua inspiração.

Eu penso que Swami ji nos deu um modelo concreto ao vivo para acompanhar , para moldar-nos ao subir a escada da espiritualidade. Agora cabe a todos nós a tarefa de tornar-se verdadeiro discípulo ou não. Cabe a todos nós, se podemos nos conectar com a energia Guru e tornar-se seu transmissor como Swami Satsangi. Eu curvo a minha cabeça em reverência a tais Gurus que ensinam pelo exemplo e não pela pregação pura e simplesmente." Swami Niranjananda Saraswati

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Ferramentas do Yoga para a transformação em nossa vida diária por Swami Naranjanananda Saraswati

Ferramentas para a transformação em nossa vida diária:

Não há diferença entre a vida espiritual e a cotidiana. No momento em que nós tentamos criar uma divisão entre a nossa vida espiritual e cotidiana, de modo que uma área é para meditar, se concentrar e fazer yoga, enquanto na outra somos escravos da mente, ligados ao prazer sensorial, felicidade e satisfação, estamos em apuros. No entanto, se nós acreditamos que a nossa vida espiritual é a nossa vida diária, e nossa vida diária é a nossa vida espiritual, não haverá conflito. Todo o processo da vida espiritual é estar aberto e amigável com todos os seres e companheiros, ajudar, orientar, amar e viver em harmonia uns com os outros.

Seis Cápsulas do Yoga :

Negatividade é uma erva daninha que mata e suprime o poder de positividade. O ódio, o ciúme e a inveja são as ervas daninhas que suprimem as qualidades benevolentes da mente. Se estamos nos identificando com a erva daninha e estamos sob a influência de nossos estados negativos da mente, então perdemos a noção da natureza positiva. Assim como o campo , o gramado tem de ser mantido regularmente, a mente também tem de ser mantida numa base regular. Tem que se cuidada com pensamentos positivos e Sankalpas (sementes/propósitos/metas) positivos que se tornam nossos pontos fortes na vida. Devemos proteger a mente das influências que perturbam sua paz, equilíbrio e harmonia. As pessoas que conseguem fazer isso são iogues reais.

Há seis práticas a serem adotadas em uma base diária.
A primeira é a prática de mantra, que vai dar despertar a luz e força interior, otimismo e criatividade. Os 'Mahamrityunjaya, Gayatri e Durga Mantras' são os três Sankalpas ou sementes. As sementes são plantadas na mente subconsciente, quando a mente está quieta, dormente. Quando ainda não está ativa no estado de vigília, não está relacionada com os sentidos, com o mundo ou com os objetos dos sentidos. Portanto, esses três mantras devem ser praticados logo que se acorda de manhã, quando ainda se está na cama. Com a prática regular, vamos descobrir que estes três mantras desempenhar um papel importante no cultivo da Força Interior, otimismo e positividade.

A segunda prática que deve se tornar parte da nossa vida diária é o Yoga Nidra (prática de relaxamento profundo). Praticar Yoga Nidra vai ajudar a reduzir as tensões psicológicas, psico emocionais e tensões. E e manter a mente atenta, criativa e clara livre de estresse.

O terceiro componente é a estimulação Prânica. Os Pranas (padrões energéticos e psíquicos,energias vitais) do corpo devem ser ativados e equilibrados. Quando os pranas estão ativos e o sistema de energia é regulado corretamente, então um monte de estresses psicológicos, psico emocionais e psico fisiológicos podem ser evitados. O corpo e a mente estarão sempre energizados, sem um momento de tédio na vida, sem letargia ou isolamento, mas sim em um estado autossuficiente em que a criatividade ideal de corpo e da mente serão experimentadas, alcançadas e expressadas.

O quarto componente é a meditação simples. No yoga, Pratyahara, o recolhimento dos sentidos, vem em primeiro lugar. Trabalhamos através dos níveis de nossos sentimentos e pensamentos com a prática de 'Antar Mouna', Silêncio interior. Para reconhecer o estado de estabilidade no corpo praticamos 'Kaya Sthairyam', a imobilidade do corpo. A consciência dos movimentos sutis vem com 'Ajapa Japa' e 'Chidakasha Dharana. Começamos com '10 minutos de Trataka ', então apagamos a vela e continuemos  com  mais dez minutos de' Pratyahara e Antar Mouna 'para observar a atividade interior. E então finalizar toda a prática, com dez minutos de "Ajapa Japa'.

Asana é o quinto componente. Somos livres para fazer tanto quanto quisermos, onde quisermos, mas deve de haver um propósito para a prática de asana. Se a flexibilidade e corpo são o objetivo, então este deve continuar a ser o foco. Se a estabilidade e o conforto são o objetivo, então isso deve ser principal.

No sexto componente adotamos um Yama e Niyama um que vamos tentar seguir onde quer que estejamos. No sistema de Patanjali, Yama e Niyama são práticas mentais, práticas de atitude para disciplinar e regular a nossa vida, para provocar uma mudança de atitude e mental.

Se pudermos aplicar este sistema de yoga de forma regular, vamos entender o processo do Yoga Sadhana. A compreensão de nossa mente, comportamento,  atitude,  natureza e caráter irá se desenvolver cada vez mais. Se pudermos seguir esta prática este Yoga Sadhana por um ano ou seis meses ou até mesmo por três meses com regularidade sem dúvida vamos descobrir uma transformação em nossa vida.

A sequência é importante e, por isso fazemos o mantra logo ao acordar, Asana e Pranayama pela manhã, Yoga Nidra durante o dia, sempre que se sentir estressado e precisar relaxar  ou de uma nova energia, e meditação da noite.

~ Swami Niranjanananda (Bihar School of Yoga)

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Workshop LEMBRE DE RESPIRAR!

Workshop LEMBRE DE RESPIRAR!
Baseado no sistema Satyananda Yoga da Bihar School


O Curso:
- Relembrar o corpo a reaprender a respirar
-A respiração como arte da harmonia
-Fortalecer os pulmões
-Aumento da capacidade respiratória



Conteúdo:
- Respirar num sentido mais profundo
- Diferentes práticas respiratórias para relaxar e outras vitalizantes
- Reconhecer que a respiração transforma estados mentais e emocionais


Benefícios:
-Equilíbrio mental e emocional

-Alivia o cansaço e ansiedade

- Aumenta a vitalidade e a imunidade
- Extremamente benéfico para problemas no trato respiratório
(sinusites, rinites,asma, bronquite e efisema)

Ministrante: Karunananda Saraswati (Claudia Ruschel Lima) no Espaço Yoga Shiva (abaixo maiores informações sobre a ministrante)

Duração do curso:03 quintas-feiras 23 de junho , 06 e 10 de julho das 19h50 às 20h50 -
Investimento: pagamento até dia 18/06  R$140,00
E até o dia do curso (podendo pagar no início da aula) R$170,00

Entre em contato para confirmar a participação e receber as informações de sua inscrição.


Contatos: 11.97468.5393 - clauruschel@hotmail.com


O Satyananda Yoga da Bihar School of Yoga de Munger, Índia é um sistema baseado na tradição e adaptado às necessidades do mundo moderno. Estruturado por Swami Satyananda Saraswati e sua linhagem, tem abordagem integral: ásanas (posturas psicofísicas) para equilibrar o corpo e a mente, pranayamas (práticas de respiração e controle da energia vital) para trabalhar o corpo de energia , Yoga Nidra ( técnica de abstração dos sentidos) e meditação para acalmar e focar a mente. Com intuito de expandir o potencial humano, o Satyananda Yoga propõe o Hatha Yoga ( para purificação equilíbrio das energias sutis) o Jnana Yoga (o caminho do Conhecimento), o Bhakti Yoga ( a canalização das emoções), o Karma Yoga (a via da ação consciente), o Kriya Yoga (via da transformação interior) e outros tipos de Yoga que capacitam o praticante a desenvolver todos os aspectos de sua personalidade em direção ao crescimento pessoal e espiritual de forma coerente e segura. Você vai sentir que o Satyananda/Bihar Yoga transforma e refina sua força, equilíbrio e saúde, trazendo um estado de concentração mais profundo e paz em sua vida cotidiana.
Aulas particulares e em grupo no Espaço Yoga Shiva ou na região Oeste de São Paulo.
                          
A professora Karunananda Saraswati ,Claudia Ruschel Lima, irá conduzir este curso. Ela é também terapeuta Ayurveda. Vivencia e divulga o caminho do Yoga há 24 anos e conduz aulas nos sistema Satyananda Yoga por 8 anos. Completou seus estudos no Satyananda Yoga Center Brasil do qual é
afiliada. Faz cursos de pós-graduação na Bihar School of Yoga na Índia e em seminários no Brasil e exterior. Cursos como Kriya Yoga, Tattwa Sudhi, Prana Vidya e técnicas meditativas do sistema SY. Foi iniciada na tradição do Satyananda /Bihar Yoga pelo sucessor de Swami Satyananda, Swami Niranjanananda Saraswati e Swami Satyasangananda Saraswati. Mantém e atualiza seu conhecimento e experiência em contato direto com a instituição e associados.
Conheceu o Yoga ainda adolescente em Porto Alegre com o Professor Franscisco Cosmelli, um dos pioneiros e expoente do Yoga no Brasil. É idealizadora da Caminhada com Yoga, trabalho transformador de sensibilização ambiental, reintegrando as pessoas a natureza e consigo próprias através de técnicas de respiração, posturas e meditação do Satyananda Yoga.
Intuitiva e conectada com os Mestres, tem formação e cursos com alguns dos mais conceituados médicos e terapeutas como Dr. Ruguê,David Frawley,Dr. Lele e Dra. Bharati Lele. E aptidão natural tanto para cozinhar deliciosas comidas ayurvédicas quanto os preparados de ervas e óleos terapêuticos.

 
 

Karunananda Saraswati (Claudia Ruschel Lima)Professora no sistema Satyananda Yoga
afiliada ao Satyananda Yoga Center Brasil
com cursos de formação na Bihar School of Yoga
Terapeuta em Ayurveda
Aula ou atendimento particular e no
Espaço Yoga Shiva
clauruschel@hotmail.com
11.97468.5393
www.espacoyogashiva.blogspot.com

quarta-feira, 23 de abril de 2014

A Caminhada com Yoga é pioneira nesta vivência de sensibilização ambiental ! Sábado dia 10 de maio - OM

O Esquema:
7h30- Ponto de encontro Estação Vila Madalena do Metrô  (na saída do terminal de ônibus). Estaremos estacionados no final do terminal perto dos táxis, do outro lado da rua, diante de uma escola infantil.  (à confirmar)
17h30 – por volta deste horário, voltaremos a São Paulo.
Inclui- professora de Yoga, guia, valor da entrada nos parques ou trilhas e alimentação natural e orgânica , como um pique nique. Mais bem estar e alegria!
Transporte - “Carona Solidária”. Quem tem disposição de usar o carro nos informa e quem precisa de carona também. E iremos ajustando as caronas por região e depois todos nos encontraremos na estação Vila Madalena do metrô para sairmos juntos. Como acontece no esquema de carona solidária, quem recebe carona deixa um valor pelo transporte que pode variar dependendo do número de pessoas.
As vivências acontecem regularmente e variam de nível de dificuldade. Também fazemos viagens mais longas em finais de semana ou feriados. Esta atividade abrange todas as idades e para participar não é necessário ter experiência com Yoga, os exercícios são possíveis de serem feitos por todos.
A Proposta 
A Caminhada com Yoga é pioneira nesta vivência de sensibilização ambiental que une trekking e Yoga e a vivemos pessoalmente há mais de 25 anos.
O sentimento de união se dá através de caminhadas na natureza com práticas de respiração, posturas e meditação do Satyananda Yoga. É uma experiência que estimula o retorno da nossa relação afetiva com o que somos, parte da natureza.
Diante da crise global, a poluição e a pressão da vida moderna levam a uma série de doenças criadas pelo estresse ou depressão. As pessoas necessitam cada vez mais de um tempo de recolhimento e conexão com a força curativa da Terra.
E nossa experiência de mais de quinze anos com grupos tem comprovado que a união do Yoga, historicamente criado na natureza, e da caminhada na natureza nos reequilibra. Ouvir e sentir o vento, a vibração de uma árvore, a imensidão do mar, a força das cachoeiras nos religam ao nossa casa, o planeta Terra. E aprofunda o sentido de ecologia porque resgata a solidariedade, sentimento inerente ao ser humano natural. Tanto que usamos a carona solidária como forma de estimular a troca e a solidariedade.
E a respiração que fazemos na caminhada é utilizada há milênios pelos Sherpas, povo do Himalaia conhecido por sua destreza no monte Everest e proporciona aumento da capacidade respiratória, previne e cura o estresse, aperfeiçoa todos os sistemas, o nervoso, circulatório e cardiovascular. Aguçando a mente e o intelecto.  
A alimentação também é parte importante. Fazemos um saboroso lanche orgânico como num piquenique, sentindo o paladar de cada alimento e intensificando ainda mais a  convivência.
A Caminhada com Yoga estimula mudanças de atitude. O vínculo criado desperta e intensifica a consciência e o cuidado ao ambiente interno e a vida a nossa volta. E a certeza de que somos parte de um único sistema vivo.

Orientadores e idealizadores: 
Karunananda Saraswati (Claudia Ruschel Lima) é caminhante e professora de Satyananda Yoga e terapeuta em Ayurveda. Coordena o Espaço Yoga Shiva, ambiente de vivência e estudo de Ayurveda , Yoga e sustentabilidade em São paulo. Afiliada ao Satyananda Yoga Center Brasil, representante da Bihar School of Yoga, sistema Satyananda/Bihar Yoga em Munger, Índia, a primeira universidade de Yoga reconhecida por um governo no mundo.Se mantém atualizada na escola da Índia ou em países ligados à instituição. É idealizadora da Caminhada com Yoga, projeto de sensibilização ambiental da Caminhar vivências transformadoras.É também jornalista e documentarista. Há quase 27 anos faz caminhadas e travessias com grupos por todo Brasil e pelo exterior.Através de sua longa experiência com o Yoga e caminhadas comprova a noção ampliada de saúde e harmonia através da vivência junto à natureza.
Guto Arouca é fotógrafo, documentarista, montanhista experiente, praticante de Yoga e idealizador da Caminhar vivências transformadoras com sensibilização na natureza. Carrega na mochila 27 anos de experiência de caminhadas com diversos grupos dentro e fora do Brasil. É especialista em longas travessias, mountain bike, espeleologia e excelente navegador. Ministra cursos de fotografia na natureza e de orientação por GPS em trilhas. Sua experiência, consciência ambiental, seu cuidado e olhar atento e observador dão suporte para a realização dessa prática que une trilhas na natureza e Yoga.
Informações: clauruschel@hotmail.com ou 974.685393. Nos encontre no facebook : Caminhada com Yoga sensibilização ambiental


Karunananda Saraswati (Claudia Ruschel Lima)Professora no sistema Satyananda Yoga
afiliada ao Satyananda Yoga Center Brasil
com cursos de formação na Bihar School of Yoga
Terapeuta em Ayurveda
Aula ou atendimento particular e no
Espaço Yoga Shiva
clauruschel@hotmail.com
11.97468.5393
www.espacoyogashiva.blogspot.com